Crochê e tricô de cara nova

Cresci em um ambiente com mulheres muito prendadas. Minha avó materna, Rita, costurava com perfeição e fazia crochê e um bordado chamado frivolité como ninguém. Minha mãe, Marisa, não é diferente. Professora de profissão e arteira de coração, ela sempre bordou, tricotou e costurou com capricho. A irmã dela, minha querida tia Léa, é uma apaixonada

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...