Artesanato sem preconceito

Designers e arquitetos estão deixando o preconceito de lado e absorvendo peças de artesanato em seus projetos.  A valorização do “feito à mão” é uma forma de personalizar a decoração e trazer um pouco da cultura brasileira para os ambientes, mas não é uma tarefa fácil. Por isso fiquei encantada com esta casa fotografada lindamente

Jeito de Morar da chef Ana Luiza Trajano

A chef Ana Luiza Trajano é uma pesquisadora da cultura e da gastronomia do país há uma década e comanda o restaurante Brasil a Gosto, no bairro paulistano dos Jardins. Sua morada, no mesmo bairro, foi fotografada por André Koltz para a Casa Vogue. O que mais me chamou a atenção é que a cultura brasileira, presente nas receitas da

Crochê e tricô de cara nova

Cresci em um ambiente com mulheres muito prendadas. Minha avó materna, Rita, costurava com perfeição e fazia crochê e um bordado chamado frivolité como ninguém. Minha mãe, Marisa, não é diferente. Professora de profissão e arteira de coração, ela sempre bordou, tricotou e costurou com capricho. A irmã dela, minha querida tia Léa, é uma apaixonada

Um luxo de bazar

“Um Luxo de Bazar” é o resultado do trabalho de 22 artesãs de Campo Grande que fazem parte do projeto Mães que Encantam, coordenado por Cris Orsi e Edna Antonelli. As peças produzidas mantém uma unidade estética, mesmo sendo feita por várias mulheres. No bazar você encontra  variedade de itens para presentear ou pra decorar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...