Natal tradicional com flores tropicais.

Os tons eleitos foram os tradicionais  vermelho, verde e branco. Mas para fugir do lugar comum, as meninas do Vamos Receber decidiram incluir Protheas, flores tropicais e bolas de natal nos arranjos maravilhosos. A produção foi montada a pedido da Revista Claudia. Os arranjos e a louça temática foram disposto sobre uma elegante toalha em linho adamascado,

Centro de mesa para o Natal

Nada como flores pra deixar a noite de Natal ainda mais especial.  Neste arranjo flores exóticas, como Protéias e Flor de Alho, se unem a folhagens e à sementinha vermelha nesta linda composição. Obra da Carol Scaff do Decorar com Flores. As flores usadas foram rosas spay, protéias, flor de alho, sementinha vermelha e folhagens de

Branco e dourado na ceia de Natal.

Esta decoração é prova de que não é preciso uma grande produção para deixar a ceia de Natal linda e elegante. No lugar de flores,  donzelas ou vidros com bolas douradas, de diferentes tamanhos e texturas. Garrafas pintadas com spray dourado servem como castiçais. Um charme extra foi dado nestas velas com folhas de louro pintadas

Porta-controle vintage, passo a passo.

Eu adoro este efeito desgastado e tipografia nas peças de decoração. Neste porta-controle usei duas técnicas: a pintura com vela  e transferência de imagem. Você vai precisar de tintas PVA, preta e branca, pincel, vela, lixa de madeira, Transfer Print, verniz, tesoura, imagens impressas em impressora laser, em papel sulfite comum mesmo, e uma caixa

Liquidação na Morar Mais por Menos !!!

Boa notícia pra deixar a casa mais bonita neste final de ano. O Morar Mais por Menos faz liquidação a partir deste sábado (05/12) até o dia 20/12, com a venda dos artigos expostos nos 39 ambientes. Esta terceira edição da mostra em Campo Grande reúne mais de 80 profissionais, entre arquitetos, decoradores, paisagistas e designers, que apresentam seus espaços na casa

Jeito de Morar do Cau

Sabe aquela casa que você passa todos os dias, há 15 anos, e ela atrai o seu olhar e atiça a curiosidade. Finalmente conheci a “Casa Vagão” apelido carinhoso que dei à morada do economista Carlos Antunes, o Cau. O gosto pelo estilo medieval norteou a escolha da madeira e das pedras que se destacam

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...